CONFIRA O RESULTADO DO JULGAMENTO DA LIMINAR QUE MANTINHA OS PAIS E MÃES EM TRATAMENTO NO PLANO DE SAÚDE


PUBLICADO EM 11 DE NOVEMBRO DE 2019

É importante lembrar que essa decisão vale até o julgamento dos embargos de declaração em data a ser marcada.

O fato é que, por maioria os ministros presentes no TST na sessão da tarde desta segunda-feira (11/11) decidiram que os pais e mães que estavam em tratamento até antes de 2 de outubro permanecem em tratamento no plano de saúde, pelo menos até os embargos de declaração serem julgados. Somente o ministro Ives Gandra novamente votou contra a saúde e a vida dos pais e mães dos trabalhadores de Correios.

Os embargos de declaração são questionamentos apresentados pelo governo (União), ADCAP, FENTECT, FINDECT e Correios. Eles servem para esclarecer dúvidas, alcance e até mesmo melhorar o texto da sentença para adequar às leis ou dar melhor entendimento ao que foi julgado.

Até o momento não há data para o julgamento dos embargos de declaração, logo não há como saber qual será o resultado dos mesmos. No julgamento são contados os votos de todos os ministros em variadas questões tais como: permanência de pais e mães, desconto dos dias de greve, aumento salarial do ano que vem, etc.

Ao menos essa certeza podem ter, e é de que a FINDECT continuará lutando em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras e contra os ataques da empresa e do governo nos tribunais, hoje e sempre.

Compartilhe agora com seus amigos

Notícias Relacionadas

veja também em nosso site

Campanha Salarial rodapé do post

Campanha Salarial rodapé do post