20 DE NOVEMBRO – DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA


PUBLICADO EM 20 DE NOVEMBRO DE 2020

Nesta data há uma necessidade gritante de fala das pessoas negras que todos os dias de suas vidas, da hora em que acordam até a hora em que conseguem reclinar suas cabeças para dormir, precisam lutar como ninguém para ter o mínimo de dignidade.

PAREM DE NOS MATAR! PAREM DE MATAR NOSSOS FILHOS!

QUEREMOS DIGNIDADE PARA VIVER!

IGUALDADE DE DIREITOS, JÁ!

NÃO É SÓ A VIOLÊNCIA FÍSICA QUE NOS MACHUCA!

E tantas outras são as falas dos negros e negras por todo o mundo.

Todos o dias de suas vidas precisam mais do que quaisquer outras pessoas afirmarem seu verdadeiro valor diante de uma sociedade que os segrega, limita, discrimina e exclui pelo tom de pele que carregam.

Homens, mulheres, idosos, jovens, crianças que já carregam dentro de si a necessidade de estar sempre dois passos adiante em relação aos demais, pois sabem que por causa da cor de sua pele terão muito mais portas fechadas em todas as esferas da sociedade.

Temos visto diversos exemplos em nosso bairro, na cidade, pelo nosso país a fora e pelo mundo, dos efeitos na vida da população negra, da falta de uma sociedade mais consciente e humana, a exemplo de várias vidas negras que têm se perdido vítimas da violência daqueles que não concebem se quer uma existência minimamente digna a eles.

Nesta data em que somos levados a refletir ainda mais sobre as tantas questões que envolvem o povo negro, nos deparamos com o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, por 2 homens brancos em um supermercado na cidade de Porto Alegre, região sul do país. É importante que se diga que a pessoa negra sofre os mais variados tipos de violência todos os dias. Mas nem sempre tem alguém pra filmar e se tornar notícia ou ainda alguém que compre a briga em defesa dos direitos dela.

Vale ressaltar que a região Sul do Brasil é a que mais concentra casos de intolerância racial.

Estatísticas apontam que, a taxa de homicídios de negros cresceu 11,5%, de 2008 a 2018 e entre as principais causas estão a intolerância, racismo, preconceito e discriminação racial.

No Brasil 76% das pessoas veem racismo, 59% dizem não ter preconceito, só 28% admitem preconceito contra negros e para 12% das pessoas o RACISMO NÃO EXISTE. (Fonte: Pesquisa poder360).

Chega a ser desumano que o caráter de uma pessoa, a sua capacidade de pleitear a uma vaga de emprego no mercado de trabalho ou mesmo de ocupar um cargo de chefia seja determinado pela cor de sua pele ou até mesmo por sua origem humilde.

É contra esse tipo de atitudes que precisamos nos levantar e lutar TODOS OS DIAS pois para para quem sofre situações como as citadas acima e tantas outras, todo dia precisa ser 20 de novembro.

Compartilhe agora com seus amigos

Notícias Relacionadas

veja também em nosso site

Campanha Salarial rodapé do post

Campanha Salarial rodapé do post