TRABALHADORES E TRABALHADORAS DO MARANHÃO REJEITAM PROPOSTA DA EMPRESA E APROVAM ESTADO DE GREVE DA CATEGORIA


PUBLICADO EM 16 DE JULHO DE 2019

A assembleia aconteceu nesta segunda-feira (15/07) na sede administrativa do Sindicato, no Radional em São Luís – MA.

Durante a assembleia, o Secretário geral do SINTECT-MA, Márcio Martins falou sobre as cláusulas que a empresa pretende fazer alterações, o que representa claramente corte de direitos conquistados pela luta organizada dos trabalhadores ao longo dos anos.

De acordo com o Secretário geral, o que a empresa chama de “AJUSTES”, são nada mais nada menos que cortes, perdas, que inclusive significam perda salarial para os trabalhadores.

Uma prova bem clara do que a inércia e falta de uma mobilização forte pode fazer aos trabalhadores e suas famílias é o nosso plano de saúde que passou a ser pago, o que também representa perda salarial no nosso já defasado salário.

Diante disso, é necessário que cada trabalhador e trabalhadora conheça o que está em jogo e se mobilize fortemente ou a empresa vai passar por cima dos nossos direitos como um rolo compressor.

Entre os cortes que a empresa pretende fazer nos DIREITOS DOS TRABALHADORES estão:

# Suspensão do Ticket peru;

#Perda de 3 tickets (Tanto para quem trabalha de segunda a exta, quanto para quem trabalha de segunda a sábado);

#Exclusão do vale cultura;

#Exclusão da cláusula 33 que trata do retorno do (a) trabalhador (a) inapto (a) ao trabalho;

#Não pagamento do ticket durante as férias;

#Redução de 200% para 100% o trabalho em dia de repouso (fim de semana);

#Aumento no valor de compartilhamento do ticket;

#Redução do adicional noturno de 60% para 20% (perda de 40%);

#Exclusão da cláusula que trata da gratificação de férias entre outras.

Durante a assembleia, os trabalhadores que lá estiveram, votaram por unanimidade na RECUSA da PROPOSTA DA EMPRESA e aprovaram o estado de greve da categoria em todo o estado.

O momento é esse e se faz necessária forte mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras pela manutenção dos seus direitos conquistados ao longo dos anos através das lutas, greves e paralisações.

Trabalhador (a), lembre-se de que nada do que foi conquistado até aqui foi por bondade da empresa, mas foi através de muita luta de cada trabalhador e trabalhadora de Correios Brasil a fora.

TRABALHADOR (A), VAMOS À LUTA!!!

 

CONFIRA A PROPOSTA DA EMPRESA NA ÍNTEGRA

Compartilhe agora com seus amigos

Notícias Relacionadas

veja também em nosso site

Campanha Salarial rodapé do post

Campanha Salarial rodapé do post