O SINTECT-MA convoca aos trabalhadores e trabalhadores filiados a participarem juntamente com a diretoria, das mobilizações envolvendo a Reforma previdenciária e seus impactos na sociedade em geral. As reuniões devem acontecer na sede da entidade, localizada à Av. M, Nº 25, bairro Radional, São Luís, Maranhão em dias e horários que serão posteriormente informados pela diretoria.

Na ocasião, se discutirá como os trabalhadores podem se manifestar em defesa dos seus direitos e por uma aposentadoria digna. Com a reforma trabalhista, os trabalhadores já vêm sofrendo ataques em vários setores e esse é um dos vários para o qual precisamos estar preparados.

Em todo o país, trabalhadores de diversas categorias vêm realizando paralisações e manifestações contra a Reforma da previdência. Nesse momento tão decisivo para a classe trabalhadora é necessário que cada um entenda o que significa a reforma da previdência e seus impactos na vida de todos.

Os impactos são tão nefastos que tendem a atingir aqueles que nem ainda entraram no mercado de trabalho, seus filhos, conhecidos, parentes.

Vale lembrar que o governo tem pressa em aprovar esse pacote de maldades antes mesmo do recesso e por isso mesmo não podemos nos dar ao luxo de arrastarmos essa situação por mais tempo sem fazermos nada a respeito. Medidas precisam ser tomadas, a luta deve continuar se queremos alcançar algo que seja significativo e encerrarmos o ano com mais essa conquista.

Diversas entidades, entre elas o SINTECT-MA  participaram do Ato Público em defesa da Previdência em um dos pontos onde aconteceram as manifestações. A paralisação aconteceu na BR 135, próximo ao prédio do CTCE dos Correios.

Entre as entidades presentes estavam  a CTB, CSP Conlutas,  SINDSPREV,  Nova Central, Força Sindical, CSB, CUT, UGT e demais centrais.

Com isso, o SINTECT-MA reafirma o compromisso firmado com os trabalhadores, na luta em defesa dos seus direitos, em defesa de uma aposentadoria digna  a todos os trabalhadores e trabalhadoras desse país e um futuro que lhes permita usufruírem de sua velhice com mais tranquilidade.

A luta precisa ser de  TODOS em Defesa do Direito a Aposentadoria e contra a Reforma da Previdência, pois o direito é de TODOS. Com os trabalhadores unidos, mobilizados e organizados será possível alcançar o nosso objetivo neste momento tão decisivo.

Conseguimos uma vitória com a decisão da Câmara dos Deputados em adiar a votação,  o que mostra a força que temos e por isso  devemos ampliar ainda mais as paralisações,mobilizações e os debates com a população sobre o assunto.

É importante que TODOS saibam  e entendam o que esse momento representa na vida da classe trabalhadora do nosso país. A luta por um futuro melhor depende de cada um fazer sua sua parte no individual e no coletivo.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!!!

Ao fundo, fala do Secretário geral do SINTECT-MA,Márcio Martins

 

 

A reunião aconteceu na manhã desta quinta-feira (30) para tratar de assuntos relacionados aos trabalhadores dos Correios no Maranhão. Estiveram presentes o Diretor da FINDECT, Wilson Araújo, o Secretário geral do SINTECT-MA, Márcio Martins juntamente com os Secretários do governo, Nunes e Júlio Guterres.
Na ocasião, foi solicitado ao governo do estado, nota em apoio aos trabalhadores dos Correios e em combate à privatização da empresa, a exemplo de outras categorias de trabalhadores que também estão na luta contra a privatização, como a Caixa Econômica e outros.

Outro assunto da pauta foi em relação à segurança nas agências de Correios no Estado. Recentemente a Empresa alegando corte de despesas, enviou ofício às superintendências estaduais de todo o país informando da retirada dos vigilantes de TODAS as agências do Banco Postal.

O Sindicato do Maranhão conseguiu liminar no judiciário que suspende temporariamente essa decisão da empresa até que seja julgada.

Vale lembrar que parte significativa dos municípios do estado utilizam o serviço do Banco Postal oferecido pelas Agências dos Correios através do Banco do Brasil.

Foi levantada a possibilidade de criação de uma Lei Estadual que institua a obrigatoriedade da presença de segurança nas agências dos Correios, a exemplo da Lei de segurança bancária.

De acordo com o Diretor da Findect Wilson Araújo, seria interessante incluir no projeto além dos vigilantes, a exigência da porta giratória nas Agências, uma vez que a presença de um, não anula o outro e este último é quem faz o controle do dispositivo.

Durante a reunião foi falado também de um montante em recursos para a demolição e construção do novo prédio dos Correios no Tirirical, que foi interditado por apresentar vários problemas estruturais e de segurança aos trabalhadores. Ocorre que não tem sido possível a execução da obra devido à falta de rede de esgoto da CAEMA no local.
Já têm sido tomadas providências no sentido de solucionar essa demanda.
Federação e Sindicato seguem na busca de soluções possíveis na resolução das problemáticas que afetam tantos aos trabalhadores e trabalhadoras dos orreios no Estado quanto aos usuários dos serviços da empresa, visando dar a estes qualidade na execução de suas atividades e a oferta de um serviço de excelência.

O SINTECT-MA por meio de sua Diretoria Colegiada, comunica aos trabalhadores e trabalhadoras dos Correios no Maranhão, que a sua sede recreativa (CFL) estará indisponível para uso no dia 02 de dezembro.

Informa ainda que a indisponibilidade de uso das dependências do CFL se deve ao fato de que a diretoria estará reunida lá para a reunião bimestral, onde deverão ser tratados assuntos importantes e que dizem respeito ao bom andamento do trabalho que vem sendo desenvolvido até o momento, inclusive referente à melhor organização do CFL.

Contamos com a compreensão de todos!!!

DIRETORIA COLEGIADA DO SINTECT-MA