FINDECT E SINTECT-MA participam de reunião com secretário do governo do estado

A reunião aconteceu na manhã desta quinta-feira (30) para tratar de assuntos relacionados aos trabalhadores dos Correios no Maranhão. Estiveram presentes o Diretor da FINDECT, Wilson Araújo, o Secretário geral do SINTECT-MA, Márcio Martins juntamente com os Secretários do governo, Nunes e Júlio Guterres.
Na ocasião, foi solicitado ao governo do estado, nota em apoio aos trabalhadores dos Correios e em combate à privatização da empresa, a exemplo de outras categorias de trabalhadores que também estão na luta contra a privatização, como a Caixa Econômica e outros.

Outro assunto da pauta foi em relação à segurança nas agências de Correios no Estado. Recentemente a Empresa alegando corte de despesas, enviou ofício às superintendências estaduais de todo o país informando da retirada dos vigilantes de TODAS as agências do Banco Postal.

O Sindicato do Maranhão conseguiu liminar no judiciário que suspende temporariamente essa decisão da empresa até que seja julgada.

Vale lembrar que parte significativa dos municípios do estado utilizam o serviço do Banco Postal oferecido pelas Agências dos Correios através do Banco do Brasil.

Foi levantada a possibilidade de criação de uma Lei Estadual que institua a obrigatoriedade da presença de segurança nas agências dos Correios, a exemplo da Lei de segurança bancária.

De acordo com o Diretor da Findect Wilson Araújo, seria interessante incluir no projeto além dos vigilantes, a exigência da porta giratória nas Agências, uma vez que a presença de um, não anula o outro e este último é quem faz o controle do dispositivo.

Durante a reunião foi falado também de um montante em recursos para a demolição e construção do novo prédio dos Correios no Tirirical, que foi interditado por apresentar vários problemas estruturais e de segurança aos trabalhadores. Ocorre que não tem sido possível a execução da obra devido à falta de rede de esgoto da CAEMA no local.
Já têm sido tomadas providências no sentido de solucionar essa demanda.
Federação e Sindicato seguem na busca de soluções possíveis na resolução das problemáticas que afetam tantos aos trabalhadores e trabalhadoras dos orreios no Estado quanto aos usuários dos serviços da empresa, visando dar a estes qualidade na execução de suas atividades e a oferta de um serviço de excelência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *