Diretoria do SINTECT-MA e FINDECT reúnem-se com VIGEP em São Luís

A reunião aconteceu na tarde desta quinta-feira (08) na sede da empresa, em São Luís. Na ocasião estiveram presentes os diretores do SINTECT-MA Cássio Coelho, Wedson Soares e Ivanildo, o representante da FINDECT no Maranhão Wilson Araújo, o VIGEP (Vice presidente de Gestão de Pessoas) e  gestores da SE/MA.

Na manhã de quinta, o VIGEP  fez algumas visitas, entre elas ao prédio do Tirirical e foi falado dos planos que a empresa tem para essa instalação especificamente, que seriam de reformá-lo para abrigar mais de uma área da empresa (que atualmente funcionam em outras localidades) visando assim, fazer um uso mais  proveitoso da área. O sindicato exige que (diferentemente do que aconteceu no CTCE) o prédio seja devidamente adequado e  climatizado, afim de que os mesmos erros não se repitam.

MANTA TÉRMICA CTCE E AR CONDICIONADOS CDDs

Após cobrança do sindicato devido à demora na resolução do projeto da manta térmica que será colocada no CTCE  e da licitação para a aquisição dos ar condicionados dos CDDs, o VIGEP reforçou que estão em andamento.

MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS

Com relação à manutenção de veículos, que tem sido uma das maiores reclamações dos trabalhadores em São Luís e nos interiores, ocorre que estes ficaram muito tempo sem a manutenção devida, o que agravou bastante a situação. Foi colocado que já existe uma proposta a ser estudada, de que esses veículos sejam leiloados e o valor adquirido por eles (que ficaria na DR) seja utilizado para a aquisição de novos, a partir de licitação.

FECHAMENTO DE AGÊNCIAS PAGAS POR TCD

Foi falado na reunião sobre cerca de 20 agências previstas pra fechar, porque têm sido pagas por TCD (Termo de Confissão de Dívida) e que os donos dos imóveis não têm documentos para legalizar (alvará).  Questionamos o que vai acontecer com os trabalhadores  a população dessas localidades e não obtivemos resposta por parte da empresa.

EXTINÇÃO DO CARGO DE OTTs E REENQUADRAMENTO

Sobre a extinção dos OTTs ficou claro que vai ser ampliado o reenquadramento para outras atividades, como por exemplo a de carteiro, que está em déficit em todo o país. Fomos contra porque isso só aumenta a terceirização e inviabiliza a realização de concurso público.

PONTO ELETRÔNICO

Ponto eletrônico foi outro assunto abordado na reunião, da sua implantação  para TODAS as áreas da empresa e que inclusive já existem 3 processos judiciais nesse sentido. O sindicato discordou dessa posição da empresa, por não estar no ACT e em nenhum momento foi consultado quanto a este assunto.

USO DE SMARTFHONES PELOS CARTEIROS

Os aparelhos já se encontram na SE/MA e em breve devem ser disponibilizados para uso nas atividades para a qual foram implantados. Ou seja, o Maranhão não ficará de fora do uso dos aparelhos como ferramenta de trabalho.

PARCERIA COM PREFEITURAS

Está em estudo pelo jurídico da empresa poder solicitar parceria junto às prefeituras em algumas localidades para receber funcionários cedidos para as Agências. A ideia da empresa é avançar nesses estudos, visando diminuir custos. O Sindicato discorda dessa prática e reforça de que é necessário que seja feito concurso público.

PARCERIA EMPRESA AÉREA AZUL

Existe potencial para economia na parceria com a Azul, o que vai economizar 200 milhões logo no primeiro momento.Entendemos enquanto Sindicato, que o que deve haver é o combate a extravio e que isso sim deveria ser prioridade. 

HORÁRIO DE TRABALHO NA QUARTA DE CINZAS

Na questão do horário de Carnaval, a empresa se mostrou pouco flexível quanto a liberar os funcionários na manhã de quarta como vinha acontecendo até o ano passado e ainda afirmou que, de acordo com o DOU (Diário Oficial da União), TODOS os dias são ponto facultativo, ficando portanto a critério da empresa dar ou não folga. Portanto, apesar dos esforços do Sindicato no sentido de conseguir a liberação dos trabalhadores na manhã de quarta, a empresa foi irredutível em dizer não aceitar dar este meio turno como folga. Nesta Quarta, portanto,  o horário de trabalho será normal. 

O SINTECT-MA já enviou ofício à empresa afirmando que os prejuízos que forem causados aos trabalhadores serão de responsabilidades exclusiva de quem deu a ordem para que não fosse aplicado folga no ponto facultativo.

Agradecemos a vinda e disponibilidade do VIGEP Heli Siqueira em vir até aqui afim de mantermos um diálogo aberto na busca de melhorias para os trabalhadores e trabalhadoras dos Correios no Maranhão e pela atenção que temos tido na busca de resolução dos problemas na regional.

DIRETORIA COLEGIADA DO SINTECT-MA E FINDECT

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *